Share

Instalando o Google Chrome no Debian

Justificativa

É natural que nós, usuários de computadores, estejamos sempre à procura das últimas novidades em tecnologias, principalmente em se tratando de Software Livre, já que não custa nada. Em épocas atuais os navegadores de Internet são ferramentas indispensável a qualquer Sistema Operacional. O Debian, em função da questão do tipo de licença, deixa de fora dos pacotes oficiais da distribuição alguns programas dos quais muitos usuários não abrem mão; é o caso dos navegadores: Firefox, Opera e Chrome do Google.

Na verdade, em relação ao Google Chrome, o Debian coloca a disposição, através do sistema de gerenciamento pacotes (apt-get, aptitude…), uma versão Chromium do The Chromium Projects que é o projeto no qual o Google Chrome é embasado. O Chromium pode ser instalado de forma fácil através do comando:

Mas o fato de o Debian não disponibilizar em seus pacotes o Google Chrome não chega a ser um problema, já que pela popularidade da distribuição, o próprio Google coloca a disposição dos usuário de seu navegador uma versão devidamente empacotada para Debian e um repositório próprio. Isso é bom, assim poderemos instalar e atualizar sempre que sair uma nova versão diretamente usando apt-get ou aptitude, de acordo com sua preferência.

Então vamos lá… A seguir mostraremos como proceder para que você coloque em funcionamento o Navegador Google Chrome em seu computador com Sistema Operacional Debian GNU/Linux de forma fácil e apenas a toque de comando mantenha-o atualizado…

Desinstalando o Chromium

Como passo inicial, não obrigatório, iniciaremos desinstalando o Chromium, caso você já esteja com ele instalado.

Com o comando acima desinstalamos o Chromium e suas dependências.

Incluindo o repositório do Google Chrome no Debian

Para possibilitar a instalação e atualizações sempre que forem feitas alterações ou seja liberada nova versão do Google Chrome o ideal é que tenhamos incluso em nossa lista de repositórios o repositório do navegador. Vamos fazer isso de forma fácil com os três comandos a seguir:

O primeiro comando cria o arquivo google-chrome.list  com o endereço do repositório em “/etc/apt/sources.list.d/” que é o local ideal para os arquivos de endereço de novos repositórios. No segundo é feita a importação da chave de criptografia GPG para possibilitar a checagem de integridade dos pacotes pelo sistema de instalação de programas do Debian. O terceiro comando sincroniza a base de dados do sistema com os repositórios.

Instalação

Vamos iniciar fazendo uma pesquisa para ver quais os pacotes temos a nossa disposição para a instalação do navegador, utilizando o aptitude para pesquisa. Veja abaixo o comando e a imagem com o resultado da pesquisa:

aptitude search chrome

Podemos observar que temos, a nossa disposição, três versões: google-chrome-beta, google-chrome-stable e google-chrome-unstable. Minha sugestão é a versão estável, mas fique a vontade… Vamos à instalação:

São pouco mais de 70 MB o download. Após a conclusão, da instalação, você já poderá encontrar e desfrutar do seu Google Chrome no menu Internet do Debian.


Referência:

http://www.yourownlinux.com/2014/05/how-to-install-google-chrome-35-stable-in-linux.html. Acesso em: 19/07/2014.


[emailMarketingFoot]

Translate »